• Francine J

Alinhadores transparentes ou aparelho dentário: o que isso faz por mim?

Qual é a diferença entre alinhadores e aparelhos ortodônticos?


Você precisa endireitar os dentes, mas não sabe como? Você não está sozinho.


Dentes tortos podem ser dolorosos, física e emocionalmente. An American Association of Orthodontists relata que até 75% da população necessita de cuidados ortodônticos.


Ainda assim, a maioria dos pacientes permanece com a ideia por meses ou mesmo anos, tentando escolher entre as opções de tratamento para si próprios. Com tantos planos disponíveis no mercado agora, como você pode saber qual é o certo para você?


Como escolher entre alinhadores transparentes ou aparelhos ortodônticos? Como profissionais, vimos e ouvimos de tudo. Os casos variam de paciente para paciente, mas os fatores por trás de cada plano permanecem os mesmos.


Abaixo você encontrará nossa lista das questões mais críticas que entram em jogo na escolha de seu plano ortodôntico. Se você está cansado de adivinhar o estado do seu sorriso, agora é a hora de mudá-lo. Continue lendo para mais detalhes.


7 Fatores a considerar


1. Sua situação

Existe um equívoco de que todos os aparelhos ortodônticos podem resolver os mesmos tipos de problemas bucais. Normalmente, seu ortodontista criará um plano para corrigir;

  • problemas com a estrutura da mandíbula

  • overbite

  • underbites

  • dentes desalinhados

  • molares lotados

No entanto, embora cada técnica tenha sua própria maneira de lidar com esses problemas, elas não funcionam para os mesmos casos. A verdade é que os aparelhos são eficazes para qualquer paciente, independentemente da gravidade. Em algumas situações, os ortodontistas usam aparelho ortodôntico para revelar os dentes parcialmente escondidos no tecido gengival.


Embora os alinhadores transparentes também possam endireitar os dentes e preencher as lacunas, eles podem não ser adequados para casos graves que requerem um reposicionamento significativo da mandíbula.


2. Aparência

A aparência é, sem dúvida, uma prioridade para muitos de nossos pacientes. É normal que você se preocupe com sua aparência após iniciar o tratamento ortodôntico.


As tradicionais braçadeiras de metal são evidentes para os espectadores. Pode surpreendê-lo, mas os suspensórios de metal são uma tendência em países como a Indonésia e as Filipinas. Crianças e adultos podem equipar seus dentes com elásticos coloridos. Estranho, mas é verdade: algumas pessoas querem que eles se destaquem.


Mas se você deseja um plano de tratamento mais discreto, o aparelho de cerâmica é outra opção. Eles tendem a ter uma tonalidade semelhante ao esmalte dos dentes, tornando-os menos perceptíveis quando você sorri.


O problema com os suspensórios de cerâmica, entretanto, é que seus elásticos ficam facilmente manchados. Você notará que eles ficam amarelos sempre que comer alimentos que contenham especiarias como açafrão ou curry. Não é muito atraente.


Com os alinhadores transparentes, você não precisa mais se preocupar com as pessoas notando os acessórios de metal em forma de caixa em seus dentes da frente - chega de ataques de ansiedade. Você pode usá-los com total privacidade.


Além disso, os anéis de cerâmica não são muito fortes. Os suportes de metal também se soltam, especialmente em pacientes que rangem os dentes ou mastigam gelo.


Isso nos leva ao próximo ponto.


3. Liberdade

Desde a primeira consulta, quando você usar o aparelho ortodôntico, o seu ortodontista irá alertá-lo sobre alguns alimentos que você não poderá mais saborear. Os dentistas usam cimento especial para fixar os braquetes (aparelhos convencionais) aos dentes, mas isso não significa que sejam indestrutíveis.


Se você usa aparelho ortodôntico, não poderá comer alimentos duros como cenouras ou maçãs. Você não pode morder frango frito ou sanduíches. Bem, não é que você não possa (você sempre pode), mas não deveria. Essas são maneiras simples de danificar o aparelho, perdê-lo e, por fim, estender o tratamento.


A beleza dos alinhadores invisíveis é que você pode tirá-los sempre que precisar comer - e você pode comer o que quiser!


4. Conforto

Quanto você aprecia seu conforto?


O movimento do aparelho pode causar dores nas gengivas. A maioria dos ajustes aplica impulsos de pressão nos dentes para que eles possam continuar no lugar. Às vezes, apenas um ajuste pode fazer com que uma grande lacuna comece a fechar significativamente.


Sem falar no desconforto que os pacientes sentem quando seus fios se soltam ou começam a sair do feixe de sua boca. Normalmente, você receberá cera ortodôntica para ir para casa, mas o que acontece quando ela não está lá nos finais de semana e o consultório está fechado?


Como parte de seu plano, usamos impressões e imagens 3D de seus dentes para criar aparelhos removíveis (por exemplo, alinhadores transparentes) que se encaixam perfeitamente em sua boca. Não há fios, metal protuberante ou elásticos que vão da mandíbula superior à mandíbula inferior.


5. Conformidade

É aqui que a responsabilidade recai sobre você.


Na melhor das hipóteses, o aparelho leva de 18 a 36 meses para concluir o tratamento ortodôntico. Mas isso só se você cumprir cada um de seus compromissos. Além disso, você cancela seu plano toda vez que um parêntese quebra. O que poderia levar alguns anos pode acabar levando quatro.


Não é diferente com os alinhadores. Você pode não precisar de tantos compromissos ou ajustes quanto uma pessoa com aparelho ortodôntico, mas precisará prosseguir. Conforme os dentes assentam, os alinhadores podem exigir pequenos ajustes ou remodelagem para acomodar a nova posição.


Se você não se comprometer com suas visitas, não espere que o tratamento dure seis meses.


6. Cuidado dental

Vamos ser claros: você deve sempre escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, de preferência após as refeições.


Ao contrário dos alinhadores removíveis, os suspensórios podem complicar a higiene oral. Você precisará escovar os suportes e atrás dos fios para tirar a comida desses cantos. E provavelmente você precisará usar fio dental (não apenas fio dental comum) para limpar entre os dentes. Caso contrário, bactérias e placas se acumularão ao redor de seus molares. As cáries causadas pela má higiene dos aparelhos ortodônticos podem ser resolvidas com

  • um recheio;

  • Extração; ou

  • canal radicular.

A boa notícia é que a maioria das cáries pode ser tratada sem extração. A má notícia é que seu dentista pode precisar remover o suporte para tratar o dente. Este é outro inconveniente para terminar a tempo.


Você pode querer repensar seus hábitos de escovação e uso do fio dental.


Do ponto de vista estético, muitos profissionais não demoram a retirar o cimento após a retirada do colete. Se você já pensou em clarear, seu higienista pode tentar remover o resíduo durante sua consulta.


Caso contrário, eles não serão capazes de branquear as áreas sob o concreto antigo. Embora seja possível que alguns lugares estejam faltando.

7. Custo

Nossos alinhadores transparentes custam pelo menos metade do custo do tratamento ortodôntico tradicional.

Mesmo depois de levar em conta os custos de qualquer retoque ou reparo dentário, os alinhadores transparentes são muito mais acessíveis do que os aparelhos de metal.


Conclusão


Então, o que é melhor: colchetes ou alinhadores convencionais?


Depende da sua situação. Os alinhadores transparentes são úteis como aparelhos ortodônticos no tratamento de casos típicos de dentes tortos. Talvez eles possam ser ainda melhores, dados os prós e os contras.


Admitimos que os aparelhos ortodônticos tradicionais têm seu lugar no mundo da Ortodontia. Alguns tratamentos não funcionam sem ele. Mas se você está procurando uma solução mais barata e personalizável, então sim, alinhadores transparentes são melhores do que colchetes.


Se você está pronto para começar com seu novo sorriso, agende uma e-consulta gratuita com um de nossos ortodontistas da Straight Teeth Invisible. Analisaremos seu caso e o orientaremos nas próximas etapas (como funciona).


Você já usou aparelho ou máscara transparente? Conte-nos sua experiência nos comentários.

0 comentário